garrancho seu

Éramos página em branco

Quando decidi rabiscar você

Logo você

Que ainda tem formas indefinidas

De existir no meu vazio

Te tracei

E te encarei

Frustrado com o resultado

Te amassei

E te joguei no meu lixo

Bem lá no fundo

Onde você ainda permanece

Quase rasgada

A lembrança de uma tentativa

Logo você

Que nunca teve culpa alguma

De eu desenhar tão mal.

Anúncios